Óbidos

Destino de férias cultural
Fotos de: Óbidos
Mapa de localização
Aeroportos
Hotéis e outros Alojamentos
Campos de Golfe
O que visitar
Onde Comer
World Nomads
O Seguro de viagem com as maiores coberturas

Outros destinos turísticos em:
Portugal
Portugal
Algarve - Portugal
Baixo Alentejo
Ilha da Madeira
Ilha das Flores - Açores
Ilha de Santa Maria - Açores
Ilha de São Jorge - Açores
Ilha de São Miguel - Açores
Ilha do Corvo - Açores
Ilha do Faial - Açores
Ilha do Pico - Açores
Ilha Graciosa - Açores
Ilha Terceira - Açores
Albufeira
Alvor - Algarve
Armação de Pera
Aveiro
Barcelos, Minho
Braga
Bragança
Burgau - Algarve
Cabanas de Tavira
Caldas da Rainha
Caminha, Minho
Praia do Carvoeiro - Algarve
Cascais - Portugal
Castelo de Vide
Coimbra
Comporta
Costa da Caparica
Covilhã
Ericeira - Portugal
Esposende, Minho
Estoril - Portugal
Évora
Faro - Algarve
Fátima
Figueira da Foz
Foz do Arelho
Funchal
Fuzeta - Algarve
Gerês
Guarda
Guimarães
Ilha de Armona
Ilha da Culatra
Ilha do Farol - Algarve
Ílhavo, Aveiro
Lagos - Algarve
Lisboa - Portugal
Termas do Luso
Marvão - Portugal
Mértola
Mina de São Domingos
Monsanto
Monsaraz, Alentejo
Monte Gordo
Nazaré - Portugal
Olhão - Algarve
Olhos de Água - Algarve
Peniche
Peso da Régua
Piódão
Portimão, Algarve
Porto - Portugal
Porto Covo
Ilha de Porto Santo
Praia da Arrifana
Praia da Luz - Algarve
Praia da Rocha
Senhora da Rocha, Algarve
Quarteira
Quinta do Lago - Algarve
Sagres - Algarve
Salema - Algarve
São Martinho do Porto
São Pedro de Moel
Serra da Estrela
Sesimbra
Setúbal
Sintra - Portugal
Tavira - Algarve
Tróia, Portugal
Vale do Garrão
Vale do Lobo - Algarve
Valença do Minho
Vila do Bispo
Vila Nova de Milfontes
Vila Praia de Âncora
Vila Real de Santo Antonio, Algarve
Vilamoura - Algarve
Zambujeira do Mar

Óbidos 
Óbidos é uma vila portuguesa da sub-região do Oeste, região Centro, fazendo parte da Região de Turismo do Oeste.

É sede de um município com 142,17 km² de área e subdividido em 9 freguesias. O município é limitado a nordeste e leste pelo município das Caldas da Rainha, a sul pelo Bombarral, a sudoeste pela Lourinhã, a oeste por Peniche e a noroeste tem costa no oceano Atlântico.

Ao contrário do que se possa pensar, o nome Óbidos não deriva da parónima óbitos, mas sim do termo latino ópido, significando «cidadela», «cidade fortificada». Nas suas proximidades ergue-se a povoação romana de Eburobrício.

Terá sido tomada aos Mouros em 1148, e recebido a primeira carta de foral em 1195, sob o reinado de D. Sancho I. Óbidos fez parte do dote de inúmeras rainhas de Portugal, designadamente Urraca de Castela (esposa de D. Afonso II), Rainha Santa Isabel (esposa de D. Dinis), Filipa de Lencastre (esposa de D. João I), Leonor de Aragão (esposa de D. Duarte), Leonor de Portugal (esposa de D. João II), entre outras.

Em 1527, viviam 161 habitantes na vila, o que corresponderia a cerca de 1/10 da população do município. A área amuralhada era já nessa época idêntica à actual, ou seja, 14,5 ha.

Foi de Óbidos que nasceu o concelho das Caldas da Rainha, anteriormente chamado de Caldas de Óbidos (a mudança do determinativo ficou a dever-se às temporadas que aí passou a rainha D. Leonor).
Óbidos
A vila de Óbidos guarda séculos de história entre as suas muralhas. Com um vasto património de arquitectura religiosa e vestígios histórico-monumentais, a vila de reis e rainhas foi, noutros tempos, local de preferência para descanso ou refúgio das desavenças da Corte. D. João IV e D. Luísa Guerra, D. Pedro II e D. Maria I, D. Leonor, D. Catarina de Áustria e D. Carlos, foram alguns dos monarcas que passaram por estas terras deixando, de uma forma ou de outra, marcas que a vila ainda hoje mantém. A origem da vila de Óbidos remonta ao século I, à cidade de Eburobrittium. Romanos, visigodos e árabes foram povos que marcaram presença por estas paragens. O ano de 1148 marca a tomada aos mouros de Óbidos, sendo em 1210 doada por D. Afonso II à Rainha D. Urraca. O primeiro condado de Óbidos é instituído em 1636 e, sete anos mais tarde, D. João IV manda reparar novamente as muralhas.

A Porta da Vila datada do Século XVII a Porta da Vila tem como elementos distintivos Azulejos do séc. XVIII e capela-oratório com varanda do século XVII. "A Virgem Nossa Senhora foi concebida sem pecado original" é a inscrição que se encontra sobre a porta principal da vila de Óbidos. Mandada colocar pelo Rei D. João IV, como agradecimento pela protecção da Padroeira, aquando da Restauração de 1640.
Rua Direita É assim conhecida desde o século XIV e constitui a rua principal da vila de Óbidos, que liga a porta da vila ao Paço. Nos séc. XVI e XVII, as importantes transformações que sofreu esconderam os antigos portais góticos

Pensa-se que o Castelo de Óbidos é de origem romana mas foi depois uma fortificação sob o domínio árabe. Classificado como Monumento Nacional o castelo apresenta um estilo arquitectónico militar. Foi convertido numa Pousada.

Capela de Nossa Senhora do Carmo e a Igreja de Santa Maria provavelmente fundada no período visigótico, esta Igreja foi transformada em mesquita, durante a ocupação árabe.

Igreja da Misericórdia antiga Capela do Espírito Santo, aqui foi fundada a Santa Casa da Misericórdia pela Rainha D. Leonor.

Capela de S. Martinho um Imóvel de Interesse Público com a arquitctura de estilo religioso.
Gastronomia
Ao longo de vários séculos a gastronomia de Óbidos tem vindo a reflectir o bom aproveitamento da sua posição geográfica. Devido à proximidade do mar e da Lagoa, a gastronomia de Óbidos é fortemente caracterizada pelo peixe e marisco, confecionando pratos bastante apreciados como a Caldeirada de peixe e as Enguias fritas. Não obstante, a riqueza verdejante dos campos e a tradicional criação de gado.

À sobremesa, também se encontram produtos da região, nomeadamente a fruta como a Pêra-rocha do Oeste e a Maçã de Alcobaça que detêm Denominação de Origem Protegida. E, não poderia faltar a doçaria, tradicionalmente conventual, remontando a tradições ancestrais, composta por iguarias tais como as lampreias das Gaeiras e as trouxas-de-ovos.
Clima
O clima de Óbidos é equatorial quente-húmido, com chuvas de janeiro a junho, sendo a temperatura máxima de 34,4ºC e a média anual de 28ºC.

Outros destinos turísticos mundiais

Ilhas Maurícias
Maurícias
Equador
Equador
Galiza, Espanha
Espanha
Costa Rica
Costa Rica

Destinos de cidade e escapadelas de fim de semana

Atenas
Grécia
Paris
França
Porto Alegre
Brasil
Tarija, Bolivia
Bolívia
Porquê reservar com CLUBE TRAVEL
Os melhores preços
As nossas parcerias com os maiores operadores mundiais, oferecem uma pesquisa dos melhores preços de mercado.
Mais opções
No Rotas Turísticas pode reservar o hotel, comprar a passagem aérea, reservar o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa, reservar as excursões locais, alugar o carro, fazer o seguro de viagem e consultar os locais a visitar e onde ir
Dicas & Destinos de férias
Centenas de destinos de férias com todas as opções que lhe permitem facilmente escolher o destino que melhor combina com as suas férias de sonho.


Siga-nos nas redes sociais