Toscana

Destino de férias de paisagem
Fotos de: Toscana
Mapa de localização
Aeroportos
Hotéis e outros Alojamentos
Campos de Golfe
O que visitar
Onde Comer
Consulados & Embaixadas
World Nomads
O Seguro de viagem com as maiores coberturas

Toscana
A Toscana (em italiano Toscana) ou Toscânia é uma região da Itália central com cerca de 3,7 milhões de habitantes e 22 997 km², cuja capital é Florença. Tem limites a noroeste com a Ligúria, ao norte com a Emília-Romagna, a leste com Marcas e Úmbria e ao sul com o Lácio. A oeste os seus 397 km de litoral são banhados pelo Mar Lígure e o Mar Tirreno. A Toscana administra ainda as ilhas do Arquipélago Toscano, a principal das quais é a Ilha de Elba. A Toscana é uma das maiores regiões italianas em território e número de habitantes.
Turismo
A antiga terra da civilização etrusca é uma alegoria ao prazer de viver, comer, beber e viajar. Os visitantes que aqui chegam podem hospedar-se em hotéis de inegável charme e conforto, banquetear-se com o que há de melhor na gastronomia local, provar vinhos de cepas antiquíssimas e conhecer cidades, museus, igrejas e monumentos de grande importância histórica. Só para se ter uma ideia, a Unesco designou seis destinos toscanos como património cultural da humanidade: Florença, a sua principal cidade; a praça da catedral de Pisa e a sua famosa torre inclinada; o centro histórico de Siena; a pequena e elegante San Gimignano; o casario medieval de Pienza; e Val d'Orcia.

Nesta terra tão bela, pontilhada de estradas ladeadas por ciprestes centenários e campos de oliveiras e videiras, surgiram mestres da Renascença e o génio de homens como Dante Alighieri, Leonardo da Vinci, Michelangelo Buonarroti, Maquiavel, Galileu Galilei e Puccini. O seu ponto nevrálgico e logístico é Florença, a cidade do poderoso clã Medici, patronos das artes e da guerra. Aqui encontrará o magnífico Duomo de Brunelleschi, o melhor museu da região, a Galleria degli Uffizi, e dezenas de outras grandes atrações. Não longe dali, próxima à rota dos vinhos Chianti, Siena desponta com seu elegante centro amuralhado e a monumental praça que é cenário da dramática corrida de cavalos, o Palio. Falando em espaços público singulares, nenhum se compara ao Campo dei Miracoli de Pisa. Aqui, um complementando o outro, estão os emblemáticos edifícios da catedral, do cemitério, do batistério e do campanário, a torre inclinada. Alguns quilómetros adiante, Lucca e o seu ar bucólico não podem ser ignorados.

Na região leste da Toscana, Arezzo guarda a igreja de São Francisco, onde estão os arrebatadores afrescos de Piero della Francesca.
Gastronomia
Elegante e tradicional, a comida típica da Toscana é um convite ao prazer. O azeite de oliva, os tomates, as favas, os presuntos e salames são destaques dessa culinária de inspiração camponesa.

A estrela do menu local é a bisteca alla Fiorentina, um grande e macio filé grelhado, que pode ser servido com azeite e limão fresco, sempre mal passado. Em geral, é acompanhado de feijão branco temperado com azeite de oliva.
O prato divide a cena com a ribollita, misto de verduras, feijão e cebola, servido com fatias de pão com alho. No verão, um clássico da culinária local é o pappa al pomodoro, com tomates frescos e sopa de pão.

Sobremesas
Não dá para deixar a Itália sem provar a torta di riso, uma sobremesa toscana tradicional feita de arroz. A fatia do doce é servida com calda e uma fruta da estação. A variedade de opções de sorvetes é outra delícia de dar água na boca.
Há ainda o panforte, um bolo compacto salpicado de canela e cravo da índia, com amêndoas moídas, casca de laranja e mel.

Queijos e cogumelos
Dentre as iguarias italianas estão os queijos parmesão e pecorino, servidos inclusive como prato principal ou sobremesa, e os cogumelos selvagens. O outono é a estação certa para saborear pratos com cogumelos.
Clima
A Toscana tem um clima que varia muito entre as diferentes áreas da região, em geral, é mediterrânico, mas tende a tornar-se mais rígido e tomar um carácter de continentalidade longe da costa.

O clima é ameno ao longo da costa, onde é o clima mediterrânico clássico com verões quentes e secos e invernos suaves, as temperaturas médias variam entre 28°C e 18°C em julho e entre 12°C e 4°C em janeiro. A precipitação é maior no outono, mas a sua proporção varia consideravelmente, nas ilhas do arquipélago toscano. Tem valores em torno de 500 mm por ano, elevando-se a 600 mm ao longo da costa de Grosseto.

Mais ao norte as precipitações aumentam até atingir médias anuais entre 900 mm e 1100 mm ao longo da costa de Versilia, nesta área as precipitações mais elevadas ocorrem entre outubro e abril. A temperatura da água do mar varia entre 25°C em agosto e 13°C em fevereiro, os meses entre junho e setembro são os melhores para nadar no mar da Toscana.

Nas planícies do interior o clima tende a ser mais grave durante o inverno e quente no verão acentuando a continentalidade, a temperatura máxima média é acima de 30°C em Florença, em julho e agosto, mas em janeiro estão sob 10°C, enquanto as temperaturas mínimas médias variam entre 18°C em julho e 3°C, em Janeiro.

Em áreas de colinas as temperaturas do verão diminuem um pouco do que das planícies que fazem o calor do verão suportável. A precipitação varia entre 600 mm nas áreas mais secas ao sul de Siena (Val d'Orcia, Val di Chiana e Crete Senesi) até 1000/1200 mm de áreas de colinas perto dos Apeninos, em Garfagnana pode ser alcançada uma média anual de 1300 mm. A precipitação é mais frequente no Outono, entre outubro e dezembro.

Nas montanhas dos Apeninos, as temperaturas diminuem com o aumento da altura, no inverno tem temperaturas médias mínimas próximas de zero ou abaixo de zero em muitos lugares nos Apeninos. As chuvas aumentam significativamente, atingindo 2000 mm para áreas mais altas dos Apeninos e nos Alpes Apuanos, nessas áreas as chuvas são bem distribuídas em cada mês do ano com uma pequena diminuição nos meses de verão.

A neve é comum, de dezembro a março, nas altitudes mais elevadas dos Apeninos, dos Alpes Apuanos e Monte Amiata. Mas entre dezembro e março são também possíveis períodos de neve ocasionais em áreas de colinas próximas aos Apeninos, no Chianti e nas Colline Metallifere, por vezes, a neve também alcança as planícies.

Qualquer época do ano é perfeita para uma viagem à Toscana. O período melhor ainda são os meses entre abril e setembro, que são caracterizadas por longos dias e tempo claro e ensolarado. Para visitar as cidades de arte, a primavera, entre abril e junho, é o melhor momento, o clima não é muito quente, como acontece nos meses do meio do verão, os dias são longos, bom é também o mês de setembro. Ao longo da costa são mais adequados os meses entre junho e setembro.
Outros destinos turísticos em:
Itália
Itália
Calábria
Sardenha
Sicília, Itália
Costa Amalfitana
Aosta, Italia
Bergamo, Itália
Bolonha
Ilha de Capri
Catania
Florença, Itália
Ilha de Giglio
Madonna di Campiglio, Itália
Milão, Itália
Nápoles
Pisa, Itália
Portofino - Riviera Italiana
Positano - Costa Amalfitana
Roma - Italia
Sanremo
Turim, Itália
Veneza, Itália
Verona

Outros destinos turísticos mundiais

Ilha de Saint kitts, Caraíbas
São Cristóvão e Neves
Alasca
Estados Unidos da América
Santorini
Grécia
Angola
Angola

Destinos de cidade e escapadelas de fim de semana

Auckland
Nova Zelândia
Santiago do Chile
Chile
Tiradentes - Minas Gerais
Brasil
Bogotá
Colômbia

Porquê reservar com CLUBE TRAVEL
Os melhores preços
As nossas parcerias com os maiores operadores mundiais, oferecem uma pesquisa dos melhores preços de mercado.
Mais opções
No Rotas Turísticas pode reservar o hotel, comprar a passagem aérea, reservar o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa, reservar as excursões locais, alugar o carro, fazer o seguro de viagem e consultar os locais a visitar e onde ir
Dicas & Destinos de férias
Centenas de destinos de férias com todas as opções que lhe permitem facilmente escolher o destino que melhor combina com as suas férias de sonho.


Siga-nos nas redes sociais
  

 
Rotas Turisticas
Grupo Público · 8.410 membros
Aderir ao grupo
Podem publicar fotos das vossas viagens, férias, locais que estiveram ou gostariam de estar. Podem divulgar negócios ou actividades...